Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

António Góis

Livros, Autores e tudo à volta

António Góis

Livros, Autores e tudo à volta

Herman Melville para além de Moby Dick

Avatar do autor António Góis, 28.05.20

Foi uma das maiores figuras literárias da América, chamava-se Herman Melville e viveu uma vida cheia de aventuras, dificuldades e conflitos. Conhecido pelas suas aventuras marítimas, Melville foi para o mar pela primeira vez, com vinte e poucos anos, navegando para a Inglaterra e depois para a Polinésia, onde entre outras coisas viveu com canibais e participou em motins. Os seus romances foram, na maioria das vezes, mal recebidos e mais tarde na vida teve que aceitar um trabalho como agente aduaneiro para sustentar a esposa e os filhos.

livro Type, de Herman Melville.jpg

Conhecido sobretudo pelo clássico Moby Dick (escrito em 1851), Melville tem, no entanto, outros escritos que urge redescobrir, nomeadamente o seu primeiro livro Typee, Um Olhar sobre a Vida na Polinésia, publicado em 1846.

Typee, é baseado na própria experiência do autor enquanto viajante e aventureiro.
 
Viajando no navio AcushnetMelville juntamente com um amigo decidem abandonar o navio na Polinésia Francesa e esconderem-se nas florestas de uma ilha (Ilhas Marquesas). Vivem aí durante algum tempo com os indígenas que na altura se acreditava serem canibais.
 
E é a experiência dessa vivência com os selvagens que Melville nos narra em Type , um misto de narrativa de viagens, aventura e biografia.
 
O livro viria a ter uma continuação, Omoo (publicado em 1847), que relata a aventura que foi o seu regresso aos Estados Unidos.