Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

António Góis

Livros, Autores e tudo à volta

António Góis

Livros, Autores e tudo à volta

Top Livro

Avatar do autor António Góis, 12.06.20

Top Livros Portugal.jpg

   Não sei se acontece o mesmo com mais alguém, mas volta não volta, dou por mim a consultar o top dos livros mais vendidos nas livrarias portuguesa. Não é por nada, mas um homem não é de ferro e ás vezes precisa de um pouco de divertimento.

E estes tops, são realmente um divertimento para quem gosta de literatura. Compreendo que as editoras ás vezes, (muitas vezes), precisem de editar livros assinados por jogadores de futebol, políticos e apresentadores de televisão. Fazem algum dinheiro com isso, o que lhes permite editar de quando em vez, um ou outro autor a sério.

A grande tendência actual para chegar ao top, parecem ser os livros que têm no título a palavra F***se.

F***se isto, F***se aquilo, e pronto, bestseller. Convenhamos que em Portugal não é preciso vender muito para ser bestseller. Quinhentos exemplares vendidos, e pimba, a editora grita bestseller.

Outro tipo de livros sempre presentes no top dos mais vendidos em Portugal, são os que têm no título a palavra Auschwitz. O Homem de Auschwitz, A Mulher de Auschwitz, O Gato de Auschwitz, O Cão de Auschwitz, O Carpinteiro de Auschwitz, O Canalizador de Auschwitz, etc. Acrescentar a palavra Auschwitz ao título, é sinal de lugar no top dos mais vendidos.

Os meus títulos preferidos são sem dúvida os dos chamados livros de auto-ajuda. Embora não leia os livros, não fico indiferente aos títulos. Só tenho pena que as capas sejam tão pouco imaginativas. Mas, o que se perde em imaginação nas capas, ganha-se nos títulos. Há para todos os gostos.

Exemplos: Como ser feliz embora casado, Como cagar no mato, Como iniciar o seu próprio país, Como fazer xixi em pé, A arte zen do peido, Até as princesas soltam pum, Como falar gatês, etc, etc. Parece que se vendem que nem pão quente.

 Enfim, há muitos géneros e cada um lê aquilo que quer. Fico por aqui.